História do Bilhar

Segundo se sabe, as primeiras mesas de bilhar (correspondentes às atuais mesas de carambola, snooker, bilhar, mata-mata, par ou ímpar, etc) teriam aparecido na França em 1469. Em 1475 Luís XI concedeu as primeiras licenças para a exploração de salões de bilhar. Em 1516 e 1560 surgiram as primeiras mesas de bilhar na Espanha e Inglaterra, respectivamente.

Em 1827 o francês Mingaud criou o processo do cabedal na ponteira do taco e em 1854 o americano Phelan inventou a tabela de borracha, que influiu de forma decisiva na evolução da técnica do jogo.

O primeiro encontro de que a história desportiva faz menção foi disputado em 1855 em S. Francisco da Califórnia, entre o americano Michel Phelan e o francês Damon, em três partidas de 100 carambolas. Damon ganhou a primeira com uma diferença de 6 carambolas e perdeu as outras duas por 3 e por 5 carambolas.

25 anos mais tarde, em Paris, foi disputado um jogo entre o francês Vignaux e o americano Slosson a 4.000 carambolas dividido em partidas de 800. Vignaux ganhou, tendo efectuado uma série de 1531 carambolas. Slosson fez 3118 carambolas com uma série de 1103.

A facilidade de colocar as bolas em série, dando origem às grandes tacadas, deu margem a que fosse o próprio Vignaux a propor o corte dos 4 ângulos do bilhar.

É evidente que todos os pormenores, de confirmação mais ou menos segura, revestem-se, no plano desportivo, de importância reduzida. Historicamente será curioso acentuar que o bilhar de competição (inicialmente apenas com a carambola) nasce em Portugal em 1930, com a criação, no Porto, da Federação Portuguesa dos Amadores de Bilhar que, em 1932 organizou, em Espinho, o III Campeonato do Mundo de Bilhar Livre. A representação Portuguesa coube a Alfredo Ferraz e a Portugal da Mata. A prova foi ganha pelo espanhol Butron que, com uma série de 500 carambolas iguala o recorde do mundo. Só em 1936 nasce, em Lisboa, a Associação Portuguesa de Bilhar.

Só em 1958 o bilhar europeu passou a dispor de uma organização, a CEB - Confederação Europeia de Bilhar - englobando 15 Federações, entre as quais a Federação Portuguesa de Bilhar. Um ano mais tarde cria-se a UMB - União Mundial de Bilhar - que vai alargando a sua zona de influência a quase todo o mundo.

A modalidade de bilhar abrange três grandes sectores: a Carambola, o Pool e o Snooker.

A carambola, desde 1936, e o Pool, desde 1990, estão integrados na Federação Portuguesa de Bilhar, com os seus calendários regulares de provas oficiais em cada época.

A carambola é disputada em mais de uma modalidade: a partida livre, o quadro 47/2, o quadro 71/2, uma tabela, três tabelas e bilhar artístico. Nas três primeiras modalidades - chamadas modalidades de série - e em uma tabela, assinala-se um declínio de jogadores e de competições, talvez por nelas os limites de perfeição já terem sido atingidos. O bilhar artístico que internacionalmente se desenvolveu com regularidade, não tem praticantes em Portugal.

Mas a modalidade rainha é sem dúvida as três tabelas, com centenas de milhares de praticantes, não obstante tratar-se de um jogo de elevado coeficiente de dificuldade, exigindo - ao mais alto nível - um complexo somatório de atributos, que vão desde a capacidade técnica de execução, à exigência de uma concentração absoluta, de um perfeito controle do sistema nervoso, de uma resistência física elevada.

O bilhar carambola pratica-se oficialmente em todo o mundo sob a égide da União Mundial de Bilhar. Estão nele filiadas 45 federações nacionais, pertencentes à Europa, América Norte e Sul, Ásia e África. As Federações Europeias estão agrupadas na Confederação Europeia de Bilhar e as Federações Americanas na Confederação Pan-Americana de Bilhar.

Em 1997, os representantes do bilhar amador UMB/CEB entraram em acordo com os representantes do bilhar profissional BWA. Quer isto dizer que passa a existir a unificação no mundo do bilhar.

Em Fevereiro de 1998, em Nagano, Japão, o COI reconheceu definitivamente o bilhar como modalidade olímpica, abrindo, assim, a possibilidade de participar nos Jogos olímpicos de 2004, em Atenas.

Atualmente no Brasil existem mesas de bilhar - geralmente aquelas de ficha - espalhadas por todos os tipos de bares e clubes.

O jogo mais comum nesses casos é o "par e ímpar" onde um oponente mata as bolas pares e o outro as bolas impares. As regras variam muito, normalmente combina-se as principais antes de começar o jogo, por exemplo: tira-se a 15 do jogo, se a bola branca durante uma tacada retira-se a menor bola do outro oponente, etc..




Existem outras versões, tais como esta:

O primeiro fato de que se tem notícia do snooker remete ao ano de 1875 quando oficiais ingleses do Regimento Devonshire estavam na Índia, mais precisamente na cidade de Jabalpur e, em função de tratar-se de um període de muita chuva, acabaram passando muito tempo em volta de uma mesa de bilhar.

Para entreter os militares o oficial Neville Francis Fitsgerald Chamberlain resolveu inventar novas regras para o jogo que até então, resumia-se em encaçapar bolas. Dessa maneira surgiu o snooker.

Rapidamente as regras do novo jogo chegaram aos outros continentes levadas, principalmente, pelo grande jogador de bilhar, John Roberts, que fez questão de conhecer Chamberlain pessoalmente e a quem o jogo foi apresentado.

Em 1907 foi realizado o primeiro campeonato mundial de snooker cujo vencedor foi o inglês Charles Dawson.  Já o primeiro campeonato que pagou premiação em dinheiro para o vencedor foi disputado em 1927. O título ficou para o também inglês Joe Davis que recebeu seis libras esterlinas pelo resultado (atualmente os prêmios em campeonatos mundiais chegam a 3 milhões de libras esterlinas – algo em torno de cinco milhões de dólares).

Joe simplesmente venceu todos os campeonatos mundiais realizados entre 1927 e 1946 (de1941 a 1945 o torneio não foi realizado). Entre 1950 e 1960 o snooker perdeu um pouco da sua popularidade. E, para acabar com isso, novamente Davis entrou em cena – o inglês introduziu bolas coloridas ao jogo – uma variação que ficou conhecida como “snooker plus”.

Em 1969 o snooker ganhou novamente força ao ter um de seus maiores torneios, o Pot Black, transmitido pela rede de televisão norte-americana BBC. Na verdade o objetivo principal dessa cobertura foi mostrar o potencial da televisão a cores – nada como uma mesa verde e bolas coloridas! Em 1978 foi transmitido pela primeira vez o Campeonato Mundial de Snooker popularizando de vez o jogo. Só para se ter uma ideia da repercussão da transmissão, em 1985, 18,5 milhões de pessoas assistiram a final do Campeonato Mundial entre Dennis Taylor e Steve Davis (fonte – BBC).
sinuca
© istockphoto.com / apcuk
Joe Davis introduziu bolas coloridas ao jogo


Veja que interessante a forma como o flash abaixo demonstra a relação entre a Sinuca e a Trigonometria:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Cortesia de Douglas O. Matoso - Curso de Ciências da Computação Univ.Federal de Ouro Preto - UFOP

   
     

 








pessoas que viram essa página



pessoas no site agora

eXTReMe Tracker